Início  Características  Downloads  Imagens  Tutorial  F.A.Q.  Guestbook  Contactos  Sitemap    

Características

Interface simples, inovadora e intuitiva

O Network Pinger possui uma interface desenhada e estudada de forma a ser o mais intuitiva possível, e fácil de aprender sem ajuda de manuais. Tem também todas as opções à mão dentro de cada janela, e a janela principal tem todas as ferramentas fácilmente acessíveis.

Optimizado para a melhor performance

Este software foi optimizado e testado até se obter a melhor performance possível. É por isso que na imagem do lado estão 1000 pings ao localhost feitos em 35 ms, e com gráficos e estatísticas em tempo real talvez 70/80, é um pequeno teste para medir a velocidade do software.

Desta forma sabemos que se uns pings para um determinado host forem lentos, a culpa certamente não será do software. Da mesma forma outras funcionalidades serão muito rápidas, tal como um traceroute que poderá fazer os 3 testes a uns 11 hops em apenas 5 segundos, entre outros. Assim estão disponíveis ferramentas bem mais rápidas que as tradicionais da linha de comandos, sem falar na interface gráfica. Optimizado ao máximo, e com multi-threading.

Ferramentas poderosas

Network Pinger inclui várias ferramentas poderosas e úteis para o dia a dia de quem trabalha com redes ou em administração de sistemas. Não só há uma ferramenta de pings em massa bastante poderosa com automação de navegação para extracção dinâmica de hosts de uma página web, como várias ferramentas individuais, não só relativas a redes, como também a sistemas. Das ferramentas destacam-se:

  • Pings em massa e com automação;
  • Pings individuais;
  • Traceroutes;
  • Portscans;
  • Queries WMI;
  • Whois a domínios e IPs;
  • Resolução de nomes;
  • Calculador de Redes/IPs;
  • Editor de texto com ferramentas;
  • Conversor de IPs;
  • Extracção de dados;
  • Entre outros...

Automação de processos

O Network Pinger vem com funcionalidades de navegação automatizada, que permitem ao utilizador configurá-lo para se ligar automaticamente a uma página web, sacar as possíveis opções contidas na mesma, e permitir ao utilizador com um simples clique no rato, fazer o software seleccionar a opção na página, sacar os dados da mesma e de tabelas HTML, popular a tabela com esses hosts e dados, para o utilizador pingar em massa.

Esta interessante funcionalidade faz com que o software sirva assim de interface entre o utilizador e um serviço web dentro de uma empresa, automatizando totalmente a tarefa, bastando um simples clique de um rato para se navegar a uma página, sacar dados, popular a tabela, e pingar os hosts, funcionalidade muito útil em casos de empresas de Internet como ISPs, ou mesmo gestores de redes que necessitam testar ligações a vários grupos de máquinas de tempos a tempos, ou que necessitam pingar determinadas sub-redes para saber o estado dos hosts.

Há ainda outras automações, como sistemas de filtragem de IPs e domínios com um simples clique de um rato, para extracção rápida de hosts de textos em memória. Basta assim um "copiar" e "clicar", e está feito.

Robusto e com multi-threading

O Network Pinger foi testado nas máquinas onde foi criado, e conseguiu suportar listas de mais de 10.000 hosts com pings em simultâneo sem bloquear. Foi testado desta forma devido à necessidade de se pingarem largos milhares de hosts por vezes. Foi testado também com dezenas de janelas abertas cada uma a fazer um ping, traceroute, ou qualquer outra ferramenta em uso em simultâneo.

Foi criado também de forma a funcionar em multi-threading configurável pelo utilizador, que poderá limitar o número de threads máximo que o software pode usar e ele encarregar-se-á de distribuir as tarefas pelas diversas threads e assim tirar máximo proveito do computador, sem contudo afectar gravemente a performance do sistema e sem ocupar a totalidade dos recursos. Dois exemplos do uso de multi-threading seriam os pings em massa, e o portscanner, por exemplo.

Customização e integração

Este software foi desenhado de forma a ser o mais customizável possível pelo utilizador. Não só poderá definir uma variedade de parâmetros dentro de cada ferramenta, como poderá configurar um conjunto de comandos customizáveis para integração com outros softwares que utilize no dia a dia e que queira lançar a partir do Network Pinger.

Vem por defeito com alguns comandos pré-configuráveis, bem como com ligações remotas configuradas em integração com o software Putty, o qual vem incluído no Network Pinger e poderá ser trocado por outro ao gosto do utilizador.

Traz também a possibilidade de configuração de logotipos, quer do software quer para impressão, para o caso de ser utilizado em local de trabalho e necessitar de um logotipo da empresa nos relatórios imprimidos.

Sessões guardadas

Este software traz consigo a possibilidade de se guardarem sessões. Desta forma, após ser iniciado o programa, o utilizador pode arrancar com uma sessão pré-gravada, que lhe vai apresentar as opções disponíveis numa página já preparada, usando auto-navegação para sacar hosts, ou uma sessão que irá popular os hosts de um determinado range de IPs ou sub-rede, ou uma sessão que irá sacar hosts de um ficheiro de texto ou tabela HTML da Internet ou de um ficheiro, etc. Essas sessões são guardadas para posterior rapidez de acesso, e o ficheiro de configuração pode ser partilhado com outros utilizadores, dando assim para partilhar sessões pré-definidas com outros elementos de uma equipa ou empresa.

Gráficos em tempo real

Network Pinger traz-nos uma lufada de ar fresco no que toca a apresentação gráfica e visualização de resultados, sem prejuízo à performance. Como vimos no exemplo acima da performance, o software faz 1.000 pings ao localhost com gráficos nuns agradáveis 0,07 segundos, o que mostra que os gráficos estão preparados para serem apresentados sem prejudicar a performance do software.

Quase todas as ferramentas, quando vantajoso de alguma forma, trazem consigo visualização gráfica de resultados. É o caso dos pings e traceroutes que trazem consigo dois gráficos dos tempos, em gráfico de linhas e gráfico de queijo, o portscanner que tem um gráfico de linhas de tempos e outro para a percentagem de portas abertas, ou mesmo a janela de pings em massa, que tem quatro gráficos distintos, dois de tempos dos pings, e outros dois referentes à percentagem de tempo online.

Criação e impressão de relatórios

O software vem preparado para gerar relatórios, que podem ser gravados em vários formatos, como HTML, texto, ou .RTF (Rich Text File), ou mesmo imprimidos com logos customizáveis para impressão. No caso dos pings em massa podem mesmo ser seleccionados hosts a serem incluídos nos relatórios para não se gerar um relatório de tudo.

Há também a opção de se clicar no botão do editor de texto, e ver assim o resultado a imprimir num editor de texto incorporado, a fim de se alterar o relatório antes de ser imprimido.

Actualizações

Este software irá sendo actualizado ou melhorado com o tempo, dependendo também do tempo livre do seu autor. Por isso de tempos a tempos, talvez também com opiniões dos utilizadores, o software poderá ser melhorado de forma a satisfazer melhor as necessidades de quem o utiliza.

Gratuito!

O Network Pinger não custa um cêntimo.

Windows é uma marca registada da Microsoft™ Corporation.

    
Demonstração em Vídeo

Transferir agora (download grátis):

Network Pinger v1.0.1.0
1.50 MB, versão em Português, Espanhol, Inglês, Francês, Alemão, Italiano, Chinês Simplificado, Chinês Tradicional, Russo
     
  
Publicado em 13 de Março de 2012



Software Network Pinger registado na SafeCreative (Copyright © Gonçalo Ferreira)

Network Pinger